sábado, 31 de dezembro de 2011

IPVA terá redução média de 4,8% em Pernambuco

Os contribuintes do IPVA de Pernambuco vão pagar o imposto referente ao exercício de 2012 com uma redução média de 4,8% em relação ao valor cobrado em 2011. A tabela para o próximo ano será publicada no Diário Oficial de hoje (31/12). Os valores podem ser recolhidos em três parcelas ou em cota única, com desconto de 5%.

A medida, além de beneficiar diretamente os proprietários de automóveis do estado, serve também como estímulo à atividade econômica. "Somos o único governo da história de Pernambuco que não enviou nenhum projeto de lei à Assembleia Legislativa aumentando a carga tributária. Ao contrário, aproveitamos todas as oportunidades para reduzir impostos. E é isso que estamos fazendo agora com esta medida", comentou o governador Eduardo Campos, logo depois de assinar o decreto que concede o benefício.

O primeiro vencimento será no dia 05 de março, para os carros com placas terminadas em 1, 2, 3 e 4 ou para quem fizer a opção do recolhimento em cota única. As demais datas são 09 de abril e 07 de maio. Já para as placas terminadas em 5, 6 e 7 as datas são 15 de março, 16 de abril e 15 de maio. Aquelas com finais 8 ,9 e 0 fazem o pagamento nos dias 26 de março, 25 de abril e 25 de maio.

Em 2011, por exemplo, o proprietário de um veículo Palio ELX Flex/2010, desembolsou o valor de R$ 590,80, e em 2012 irá pagar R$ 551,17, uma queda de 6,7%. Para o Corsa Sedan/2009, o valor pago foi de R$ 667,12, caindo no próximo ano para R$ 628,72, baixa de 5,8%. O IPVA do Polo Sedan 1.6/2009 teve uma redução de 5%, ou seja, de R$ 833,82 para R$ 792. Para os carros e motos com mais de 15 anos o imposto corresponde a um valor fixo de R$ 53,76 e R$ 32,26, respectivamente.

Hoje, 2,1 milhões de veículos são cadastrados no DETRAN, destes 1,9 milhão são tributáveis pelo IPVA. A arrecadação em 2011 deve fechar com um crescimento de mais de 18% comparado com 2010, o que significa mais de R$ 500 milhões recolhidos aos cofres públicos neste ano, contra montante de R$ 422,5 milhões do ano passado. A alíquota é de 2,5% para carros, 2% para motos e 1% para ônibus e caminhões sobre o valor venal.

PARCELAMENTO – Além da redução no IPVA 2012, o Governo do Estado está oferecendo outra facilidade para os contribuintes em atraso com o imposto. A partir de 1º de janeiro de 2012, os proprietários de veículos poderão quitar o débito, de exercícios anteriores, em até 10 parcelas mensais e consecutivas, conforme previsto na Lei nº 14.503, de 07 de dezembro.  Antes, os valores pendentes só poderiam ser pagos em até três parcelas. 
 
Fonte Blog Jamildo

ALFINETADAS!

VICE TUCANO – No cenário em Petrolina de o PSDB apoiar Fernando Filho e não Lóssio, a legenda tucana, com as benções do Palácio das Princesas, indicaria o vice do candidato socialista. Recentemente, quem se filiou ao partido foi o ex-prefeito Guilherme Coelho, filho de Osvaldão. 
PERGUNTAR NÃO OFENDE – Quando o governador vai dar o pontapé da sucessão no Recife? 
Fonte Blog Magno Martins

CURTAS DO BLOG MAGNO MARTINS

O salvador da pátria - Num artigo, o ex-deputado Osvaldo Coelho, velho desafeto do ministro Fernando Bezerra Coelho (Integração), de quem é tio, afirmou que ele (FBC) representa a grande esperança de o Nordeste ser redimido no Governo Dilma. Crítico voraz do governo petista, Osvaldão, como é conhecido, acha que Lula pecou por ter abandonado o plano de irrigação do São Francisco, que está sendo retomado por FBC.
Lóssio perde Osvaldão - Osvaldão, aliás, saiu da condição de desafeto para aliado de FBC e hoje integra um Conselho do Ministério da Integração. E por isso mesmo, o que se diz em Petrolina é que não apoiará mais a reeleição do prefeito Júlio Lóssio (PMDB), sua cria política. Tende a subir no palanque do candidato do ministro, que será o seu filho, deputado Fernando Filho, do PSB. 

Fonte Blog magno Matins

Petrolina: equipamentos usados para arrombar caixas eletrônicos encontrados em órgão público

Equipamento que podem ser usados para arrombar caixas eletrônicos foram encontrados em um carro abandonado na Gerência Regional de Educação (GRE) de Petrolina, no para medir a pressão do cilindro), rolos de fita adesivas, luvas de couro, óculos protetor, barras de ferro, duas toucas de pano e ferramentas em geral – estava no porta-malas.
 
Funcionários da empresa de vigilância responsável pela segurança do local chamaram os policiais civis após identificarem que um veículo modelo Audi A3, com placa de Jaboatão do Guararapes, estava há dias no estacionamento do órgão. Segundo investigações, a própria Gere poderia ser alvo dos bandidos, já que possui no seu interior uma agência bancária. Todo o material apreendido seguiu para a delegacia da cidade, que ficará responsável pelo caso.

Fonte: JC Online – Com informações da assessoria de imprensa da Polícia Civil.
Blog do Deputado Federal GONZAGA PATRIOTA (PSB/PE)

Lei equipara trabalho a distância a presencial e inclui meios eletrônicos nas relações trabalhistas

Ligações telefônicas, mensagens no celular e e-mail passam a ser considerados formas de subordinação ao empregador. Foto: Antonio Cruz/ABr/Arquivo
Empregadores devem ficar atentos ao enviar mensagens no celular e e-mail ou fazer ligações telefônicas a seus empregados fora do horário e local de trabalho. Lei sancionada no último dia 15 de dezembro pela presidenta Dilma Rousseff, que altera o artigo 6o da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), equipara os efeitos jurídicos da subordinação exercida por meios eletrônicos à exercida por meios pessoais e diretos no trabalho. 

A Lei 12.551/2011 também assegura as mesmas garantias ao trabalho executado no domicílio do empregado e o realizado a distância ao realizado no estabelecimento do empregador. A condição é que estejam caracterizados os pressupostos da relação de emprego.

O texto afirma ainda que “os meios telemáticos e informatizados de comando, controle e supervisão se equiparam, para fins de subordinação jurídica, aos meios pessoais e diretos de comando, controle e supervisão do trabalho alheio”.
André Grandizoli, secretário-adjunto de Relações do Trabalho do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), explica que a medida representa o ajuste da legislação ao avanço da tecnologia. Para ele, a lei pode ser vista como “uma evolução, por reconhecer um tipo de trabalho que já ocorre, o chamado teletrabalho”.
“A modernidade chegou e a legislação acaba de se integra a essa modernidade”, disse.
Na visão do secretário-adjunto, com as mudanças, não importa mais o local de trabalho, mas se o trabalhador executa a tarefa determinada pela empresa. Ele destaca ainda que pretende-se com esse dispositivo que o tempo do trabalhador em função do empregador seja reconhecido, independentemente do meio utilizado ou da presença física na empresa.
“Se o trabalhador estiver à disposição do empregador fora do local de trabalho, por meio telemático, ele deve receber horas extras”, destacou.

EPTTC informa mudanças no trânsito durante a festa de Réveillon

A Empresa Petrolinense de Trânsito e Transportes Coletivos – EPTTC informa que no sábado (31), a partir das 17h, a Avenida Cardoso de Sá, sentido viaduto –Faculdade, estará interditada devido a Festa de Réveillon que acontecerá na Orla de Petrolina.
O Diretor-Presidente da EPTTC, Paulo Valgueiro, explica que três equipes estarão presentes durante toda a festa auxiliando os motoristas que transitarem pela Avenida Cardoso de Sá. Caso haja necessidade, outras intervenções serão feitas no sentido de facilitar o fluxo na cidade durante o Show da Virada.
Nos outros pontos da cidade, o trânsito seguirá o curso normal.

Seguro-desemprego tem reajuste a partir de 1º de janeiro de 2012

Resolução do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador publicada nesta sexta-feira (30) no Diário Oficial da União institui reajuste de 14,1284% para o seguro-desemprego a partir de 1º de janeiro de 2012. 

O cálculo do valor do benefício seguirá faixas salariais, conforme a Lei 7.998/1990. O menor valor da parcela será de R$ 622 e o maior de R$ 1.163,76.

Segundo o texto, quando a média dos três últimos salários anteriores à dispensa for de até R$ 1.026,77, o valor da parcela será o resultado da média salarial multiplicado por 0,8. Para salários de R$ 1.026,78 a R$ 1.711,45, será aplicado o fator 0,8 até o limite da faixa anterior e, no que exceder, o fator 0,5. O valor da parcela será a soma desses dois valores. Já, para vencimentos superiores a R$ 1.711,45, “o valor da parcela será, invariavelmente, R$ 1.163,76”. 

Têm direito ao benefício os trabalhadores demitidos sem justa causa, o pescador artesanal e o empregado doméstico, desde que o empregador esteja recolhendo o Fundo de Garantia de Tempo de Serviço (FGTS). Todos os pagamentos gerados a partir de 1º de janeiro já sairão com novo valor, mesmo aqueles que terão apenas a última parcela a ser liberada.

Salário mínimo – Foi divulgado no início da semana o novo valor do salário mínimo, que será de R$ 622 a partir de 1º janeiro de 2012. De acordo com o Decreto 7.655, de 23 de dezembro de 2011, assinado pela presidenta Dilma Rousseff, o salário mínimo será reajustado em 14,13% e corresponderá a R$ 20,73 por dia ou R$ 2,83 por hora de trabalho.

O RH também marca presença nas pequenas empresas

Por Patrícia Bispo
Formada em Comunicação Social - Habilitação em Jornalismo, pela Universidade Católica de Pernambuco/Unicap. Atuou durante dez anos em Assessoria Política, especificamente na Câmara Municipal do Recife e na Assembléia Legislativa do Estado de Pernambuco. Atualmente, trabalha na Atodigital.com, sendo jornalista responsável pelos sites: www.rh.com.br, www.portodegalinhas.com.br e www.guiatamandare.com.br.

Diante de um mercado altamente competitivo e do avanço tecnológico, as empresas são impelidas a acompanharem as inovações que surgem a cada "instante", caso contrário correm o risco de perder espaço para a concorrência. Dentro dessa realidade encontram-se não somente as médias e grandes empresas, mas também as pequenas que necessitam garantir a sobrevivência frente aos concorrentes. Mas algo começa a mudar e chamar a atenção dos empresários: o fato das pequenas empresas começarem a perceber a importância de investir na Gestão de Pessoas, afinal elas também possuem interesse em atrair e reter os talentos que façam o diferencial para o negócio.
De acordo com Roberto Ventura, sócio-diretor da Efix - empresa que desenvolve sistemas de Gestão de Pessoas, muitas pequenas organizações descobrem tardiamente que tinham um importante talento quando seus profissionais recebem uma proposta de trabalho e as deixam. "As pequenas empresas brasileiras funcionam, em muitos sentidos, como formadoras de mão de obra para as médias e grandes, uma vez que muitos profissionais começam em pequenas empresas e logo se aventuram para voos mais ambiciosos", afirmar ao complementar que se essas organizações conseguissem preservar esses colaboradores, suas chances de crescimento seriam maiores.

Em entrevista concedida ao RH.com.br, Roberto Ventura enfatiza que a adoção da Gestão de Pessoas já começa a ser vista com mais simpatia pelas pequenas empresas. No entanto, existem fatores que ainda criam obstáculos para que o profissional de Recursos Humanos atue nesse campo do mercado. "A maior barreira à mudança é a resistência dos próprios colaboradores, seja por resistência dos empregados, seja por falta de suporte da alta liderança ao processo", alerta Ventura. Confira a entrevista na íntegra e veja as mudanças que estão, nesse momento, ocorrendo no campo organizacional. Boa leitura!

RH.com.br - Grande parte das pequenas empresas brasileiras possui administração
Familiar e, muitas vezes, o aproveitamento dos talentos humanos não é potencializado. Esse quadro começa a mudar e a Gestão de Pessoas começa a ganhar espaço entre essas organizações?
Roberto Ventura - A resposta para sua pergunta é afirmativa e posso citar ao menos duas tendências na economia que explicam a mudança deste quadro. A primeira delas é termos um mercado cada vez mais competitivo. Nos últimos anos vemos um aumento da competição entre as empresas, que vêm sendo forçadas a produzir cada vez mais com menor custo para se manterem lucrativas e presentes no mercado. Para reduzir custo, as empresas devem produzir mais com os mesmos recursos, entre eles, os recursos humanos. A segunda tendência é o aumento da importância dos recursos humanos nas empresas. Como há cada vez maior complexidade nas operações das empresas, que hoje incluem tecnologias sofisticadas, rápida evolução dos processos produtivos, necessidade crescente de inovar, entre outras, vemos uma crescente dependência e importância das pessoas sobre outros tipos de recursos como, por exemplo, capital e máquinas. Neste cenário, torna-se imprescindível potencializar o aproveitamento dos talentos humanos para as empresas manterem-se vivas, competitivas e inovadoras.

RH -
Se organizações de médio e grande porte contam com equipes de RH cada vez mais enxutas, não seria uma utopia acreditar que a Gestão de Pessoas também pode fazer parte da realidade delas?
Roberto Ventura -
Sim, a Gestão de Pessoas pode fazer parte da realidade de equipes de RH cada vez mais enxutas. Isso porque ao mesmo tempo em que se diminui o número de pessoas nas equipes, aumenta-se a oferta de sistemas inteligentes de gestão que permitem que as equipes transfiram para os sistemas as tarefas operacionais do dia a dia e se concentrem em tarefas mais estratégicas e sensíveis. Neste sentido, é imprescindível que as empresas invistam em sistemas analíticos e inteligentes que darão o suporte necessário à rápida tomada de decisão estratégica.

RH -
Qual o grande desafio que as pequenas empresas brasileiras encontram para implantar a Gestão de Pessoas?
Roberto Ventura -
O maior desafio que as pequenas empresas enfrentam, ao implantar um processo profissionalizado de Gestão de Pessoas, é a resistência interna à mudança, pois se trata de uma mudança cultural e, muitas vezes, estas empresas têm processos de gestão familiar. Estudos indiciam que apenas 30% das iniciativas de mudança cultural são bem-sucedidas. A grande barreira à mudança é a resistência dos próprios colaboradores, seja por resistência dos empregados, seja por falta de suporte da alta liderança ao processo.

RH - Existem peculiaridades da Gestão de Pessoas nas pequenas empresas?
Roberto Ventura - Os mesmos conceitos de Gestão de Pessoas que se aplicam às grandes empresas também se aplicam às pequenas empresas. As peculiaridades que existem dizem respeito mais à natureza da empresa, à sua cultura, aos valores, à missão e aos objetivos, do que ao seu tamanho da organização. Os processos de gestão devem levar em conta estes aspectos, e, desta forma, são específicos para cada organização, seu momento atual, objetivos de curto e longo prazo.

RH -
Quais os diferenciais que a Gestão de Pessoas proporciona às pequenas empresas?
Roberto Ventura - Atualmente, como poucas empresas de pequeno porte possuem sistemas eficazes de Gestão de Pessoas, a sua adoção deverá trazer grande ganho de competitividade e produtividade, uma vez que auxiliará o pequeno empresário a atuar de forma consistente e eficaz em assuntos fundamentais como, por exemplo, conhecimento das competências e resultados de sua equipe, redução de turnover, identificação e retenção de talentos e potenciais talentos, aumento da motivação da equipe, planejamento sucessório, treinamento e desenvolvimento e melhoria do clima organizacional.

RH -
Quais os riscos que as pequenas empresas correm se continuarem resistindo à adoção da Gestão de Pessoas?
Roberto Ventura - Os maiores riscos são a empresa perder importantes talentos para o mercado, ter baixo aproveitamento das pessoas, baixa motivação e competência, tornando-se, assim, pouco competitiva.

RH -
Qual o passo inicial que uma pequena empresa precisa dar, para implantar a Gestão de Pessoas de forma eficaz?
Roberto Ventura - O primeiro passo é realizar um diagnóstico interno e externo, para saber quais os objetivos principais da Gestão de Pessoas que precisam ser abordados e que têm maior impacto nos resultados da organização. Este trabalho pode ser realizado internamente e, idealmente, com o auxílio e o acompanhamento de uma consultoria especializada.

RH -
A implantação da Gestão de Pessoas nas pequenas empresas sempre requer grandes investimentos?
Roberto Ventura - Os investimentos, em geral, são bastante acessíveis. No entanto, na maioria dos casos que temos observado em pequenas empresas, os gastos com os recursos humanos ainda são tratados como custo e não como investimento, o que aos olhos do empresário, torna qualquer valor uma soma considerada alta.

RH -
Quais suas expectativas para as pequenas empresas brasileiras no tocante à Gestão de Pessoas?
Roberto Ventura - Acredito que a médio prazo, todas as empresas, inclusive as pequenas, para permanecerem vivas deverão adotar processos profissionais de Gestão de Pessoas. Os resultados tangíveis e intangíveis justificam o investimento. As práticas que nos últimos anos já vem sendo implantadas nas grandes e nas médias empresas, deverão também ser implantadas nas pequenas em um futuro próximo. Aquelas que já tomaram esta iniciativa já estão colhendo frutos. Vemos algumas empresas de pequeno porte que já fazem parte da lista das 100 Melhores Empresas para se Trabalhar, o que sem dúvida alguma, traz um retorno direto na contratação de bons talentos e na manutenção dos existentes.


Fonte Portal RH

Que esta mensagem sirva de reflexão nesta virada de ano, o blog deseja a cada um de vocês, muita paz, amor e união em 2012


quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Guarda Municipal de Petrolina recebe novo fardamento do Centro de Operações Integradas

Em uma constante de buscar valorizar os servidores do município e melhorar a cada dia os serviços prestados a sociedade, a Prefeitura Municipal de Petrolina apresentou na quinta-feira, dia 22, o novo fardamento do Comando de Operações Integradas (COI). O setor, que também é novo e passa a exercer as atividades a partir de agora, é composto por 50, dos 122 Guardas Municipais.

O COI é mais uma ferramenta à disposição da sociedade de Petrolina implantado pela Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Segurança Cidadã, responsável pelos órgãos operativos: Guarda Municipal, Grupamento de Vigilância e Defesa Civil. As funções do grupamento que é composto pelos Guardas Municipais linha de frente, ou seja, componentes do trabalho direto com a segurança do patrimônio público e serviços, serão redobradas nessas áreas além de ficarem responsáveis pelo Sistema de Vídeo Monitoramento e Monitoramento Eletrônico que está em fase de implantação. O novo serviço será executado por etapas.

O trabalho consiste em auxiliar as atividades de vigilância do patrimônio público e oferecer, ao mesmo tempo, ferramentas em tempo real, no auxílio à segurança da população em pontos de maior movimentação. As guarnições do COI ficarão dispostas em pontos estratégicos da cidade atentos ao acionamento da Central de Monitoramento Eletrônico (CEME) e Videomonitoramento. “A implantação do COI que vem com novo uniforme tem como um dos motivos a integração das ações, além de cooperar mais com as Polícias Militar, Civil, Rodoviária Federal, também contribuindo com as secretarias municipais através do videomonitoramento. Estamos com nossa Guarda preparada, com profissionais treinados para esse viés de operacionalidade integrada”, explicou o Secretário de Segurança Cidadã, Cel. Daniel Ferreira.

A CEME funcionará na sede da Secretaria de Segurança Cidadã, localizada no Parque Josepha Coelho, onde também já está sendo construída a sede da Guarda Municipal e da Secretaria. “O Centro de Operações Integradas é uma qualificação, reforçando a valorização do ser humano e cuidados com nossa sociedade. Além do investimento na profissionalização da estrutura da Guarda que vai ganhar em breve sua sede e nisso estamos trabalhando para avançar na segurança da cidade, interior e áreas irrigadas. A violência tem crescido muito e um trabalho isolado do Estado não consegue resolver o problema, por isso queremos ser parceiros na melhoria da segurança do nosso povo, da nossa gente”, acrescentou o prefeito Julio Lossio.

Inicialmente, o videomonitoramento será implantado nas feiras livres de maior circulação, e o monitoramento eletrônico em outros 50 pontos públicos como escolas, AMEs e postos de saúde. Logo em seguida, novos locais serão contemplados obedecendo as etapas que também cumprirá trabalho com uma guarnição no interior.

Texto: Juciana Cavalcante/ Foto: Gilson Pereira

PREFEITURA DE PETROLINA CONVIDA A TODOS PARA O RÉVEILLON NA ORLA, VAMOS ESPERAR 2012 JUNTINHOS


Novas regras do Minha Casa, Minha Vida preveem unidades para idosos e pessoas com deficiência

Portaria do Ministério das Cidades publicada hoje (27) no Diário Oficial da União traz novas regras de priorização e seleção de beneficiários do programa Minha Casa, Minha Vida. Uma das principais mudanças é a indicação de percentual mínimo das unidades habitacionais para idosos e pessoas com deficiências e suas famílias. 

A portaria prevê que 3% das unidades habitacionais de cada empreendimento sejam reservadas a idosos. O mesmo percentual deve ser destinado a pessoas com deficiências ou suas famílias, “na ausência de percentual superior fixado em legislação municipal ou estadual”. As unidades reservadas que não forem ocupadas por falta de candidato idoso ou pessoa com deficiência serão destinadas aos demais participantes.

O novo texto retira ainda exigência de que os candidatos tenham renda familiar mensal bruta de até R$ 1.395,00. A seleção será feita entre os inscritos nos cadastros habitacionais do Distrito Federal, estados e municípios. Determina, também, que “a indicação dos candidatos será realizada, preferencialmente, pelo Distrito Federal ou município onde será executado o empreendimento”. O estado poderá promover a indicação quando for o responsável pelas contrapartidas aportadas ou nos casos em que o município não possua cadastro habitacional consolidado.

A portaria entra em vigor a partir de hoje.

Prazo para municípios com até 50 mil habitantes enviarem propostas

Os municípios com até 50 mil habitantes têm até a próxima sexta-feira (30) para enviar propostas para participar do Minha Casa, Minha Vida, por meio do site do Ministério das Cidades. No total, serão ofertadas 110 mil unidades habitacionais em todo o país, metade do estabelecido em lei até 2014. 

As prefeituras poderão apresentar duas propostas, com até 50 unidades habitacionais cada. Os governos estaduais também podem participar da seleção com uma proposta para municípios com menos de 20 mil habitantes e duas para municípios entre 20 e 50 mil habitantes.

O resultado da seleção será publicado em 27 de janeiro de 2012, sendo selecionadas 43.976 moradias na região Nordeste, 29.304 no Sudeste, 14.942 no Sul, 11.404 no Norte e 10.374 no Centro-Oeste.

Audiência Pública discute a construção da Arena de esportes em Petrolina para a Copa de 2014

Aconteceu na manhã desta terça-feira (27), na Câmara de Vereadores de Petrolina Plínio Amorim, uma audiência pública que teve como pauta a construção de uma Arena de Esportes na cidade para a realização de competições e a possível instalação de delegações esportivas durante a Copa de 2014. Solicitada pelo Presidente da Federação Pernambucana de Futebol, Evandro Carvalho, a audiência teve como objetivo unir forças do Poder Legislativo com o Executivo Municipal para a viabilização desta Arena em Petrolina.

Estiveram presentes o Secretário Municipal de Esportes, Ailton Guimarães, a Superintendente de Turismo da Prefeitura de Petrolina, Nadja Batista, o Presidente do Petrolina Social Futebol Clube, Antonio Carlos Benevides, vereadores da Casa Plínio Amorim, representantes de diversas instituições de Petrolina e outras autoridades políticas.

“Esta Audiência Pública reflete o interesse e a disponibilidade de diversas instituições, da população de Petrolina e, sobretudo, do poder executivo em possibilitar a construção da Arena. Temos incentivado o esporte na cidade, através da implantação da Escolinha da Integração, dos Jogos da Integração, do Projeto Pedalada Saudável, da Iluminação nos campos de futebol, do resgate ao Campeonato Amador e apoio a outras modalidades. Faremos o possível para contribuir para que essa arena se torne realidade no nosso município, valorizando cada vez mais o esporte em Petrolina”, afirmou Ailton Guimarães.

A cidade de Caruaru-PE é outra cidade de Pernambuco onde está sendo estudada a construção da Arena de esportes. De acordo com Evandro Carvalho, a escolha por Petrolina deve-se ao crescimento da cidade. “Petrolina é o maior polo, a maior região de desenvolvimento do estado de Pernambuco”, ele acrescentou que para a concretização deste projeto é preciso a formação de uma comissão. “É indispensável que se forme uma comissão para que atue diuturnamente perante o executivo”, completou.

Além do visível crescimento econômico da cidade e do desenvolvimento na infraestrutura, a cidade de Petrolina, também dispõe de uma grande rede hoteleira e do aeroporto que favorece o deslocamento da população e turistas. “Petrolina é privilegiada por ter o Rio São Francisco que podemos explorar com esportes náuticos, nós temos o aeroporto que vem nos dar uma grande possibilidade de logística, enfim, com essa Arena Petrolina vai se desenvolver ainda mais”, finalizou o secretário Ailton Guimarães.

Texto: Cíntia Sacramento/ Foto: Gilson Pereira

A Prefeitura de Campo Alegre de Lourdes vai realizar concurso público

O Prefeito Municipal de Campo Alegre de Lourdes - Estado da Bahia, no uso de suas atribuições, tendo instituído a Comissão Especial Municipal do Concurso Público, através da Portaria n°21/2011 de 08.122011, e em vista ao disposto no art. 37 da Constituição Federal com a redação dada pela Emenda Constitucional n° 19/1998, na Lei Orgânica Municipal, nas leis n° 075/1998, 162/2005, 175/2005, 227/2007, 232/2008, 277/2011 e nas demais leis que regem o Município de Campo Alegre de Lourdes, e em cumprimento às normas estabelecidas pelo Tribunal de Contas dos Municípios do Estado da Bahia - TCM/BA, bem como as normas contidas neste Edital, TORNA PÚBLICO que estarão abertas as inscrições do CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS PARA O PROVIMENTO DE CARGOS E VAGAS para quadro efetivo da Prefeitura Municipal de Campo Alegre de Lourdes, além das que surgirem durante o prazo de validade do certame, constituindo a regulamentação do concurso na forma prevista no presente EDITAL E INSTRUÇÕES QUE O INTEGRAM.

mais informações podem ser adquiridas no site da organizadora www.planejarconcursos.com.br ou no site

http://www.pciconcursos.com.br/concurso/prefeitura-de-campo-alegre-de-lourdes-ba-147-vagas

RemansoNet, informações PT Remanso.

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Ex-adversário de Eudes Caldas, Dr.Auricélio afirma: “Pior cego é quem não quer ver avanços em Cabrobó”

Candidato a prefeito de Cabrobó (PE) com apoio do atual, Eudes Caldas (PTB), e favoritíssimo a liquidar a fatura em 2012, o médico Auricélio Torres (PSB) saiu de adversário de Eudes para seu fiel escudeiro. E ele garante que não foi à toa.

“Dizem que o pior cego é aquele que não quer ver. Disputei uma eleição contra Eudes em 2008, mas diante de sua administração, dos avanços de Cabrobó e das melhorias que aconteceram na vida das pessoas, não serei esse cego”, ponderou.

Dr.Auricélio reforçou ainda o fato de não ter como negar a avaliação favorável quase unânime dos cabroboenses à atual gestão. Daí sua decisão de se aliar ao prefeito. Por outro lado, Eudes chegou à conclusão junto a correligionários de que o socialista (que desde 1988 participa efetivamente da política local) será o melhor nome para sucedê-lo. É unir a fome com a vontade de comer.

O pré-candidato já tem, inclusive, se ambientado nesse clima: Já foi quatro vezes a Brasília e outras tantas ao Recife. “Estamos procurando conhecer os trâmites burocráticos, até para que possamos deslanchar numa futura administração”, avaliou.

Fonte Blog Carlos Britto

Em depoimento, Adriano diz que só pegou arma após disparo em carro




O jogador Adriano disse em seu depoimento, ao qual a TV Globo teve acesso, que pegou na arma que estava dentro de seu carro apenas após ela ter disparado. Adriano deixou a 16ª DP (Barra da Tijuca) por volta das 20h10 desta segunda-feira (26), após 1h40 de depoimento. Uma jovem foi atingida quando o jogador saía de uma boate, na Barra da Tijuca, Zona Oeste, acompanhado de outras três mulheres e um amigo por volta das 5h30 de sábado (24).

Segundo Adriano, ele sabia que a arma estava no console do carro, entre o banco do carona e do motorista, um policial militar amigo dele. O jogador afirma que não viu quando a arma foi retirada do local. Adriano disse que ouviu o disparo, se assustou e olhou para o banco de trás do carro, mas não percebeu que alguém estava ferido.

Somente quando Adriene disse que seu dedo estava sangrando, Adriano diz que viu a arma em sua mão. Foi quando, segundo ele, tocou na arma pela primeira vez naquela noite. Adriano diz que então pediou ajuda a um amigo do policial que os seguia em outro carro, para levar Adriene a um hospital. O jogador disse também, no depoimento, que insistiu para que uma amiga a acompanhasse até o hospital.

Adriano contou ainda que pediu à mesma pessoa que levou Adriene ao hospital que apresentasse seu carro (de Adriano) à delegacia para perícia. 

Sem caráter e má fé
Segundo o advogado do atleta, Ivan Santiago, o depoimento foi bom e
Adriano confirmou tudo o que havia dito anteriormente.

Ao chegar à delegacia, Adriano afirmou que a jovem baleada dentro do seu carro "não tem caráter e agiu de má-fé" ao acusá-lo de ter disparado a arma dentro do carro dele. Ele voltou a afirmar que estava no banco da frente do veículo e nega ter efetuado o disparo.

Segundo Adriano, quando viu que a jovem estava ferida, pediu para o amigo que dirigia o veículo parar. Nesse momento, ele contou que tirou a jovem de dentro do carro, tirou a camisa para cobrir o ferimento da vítima e pediu que o amigo levasse a jovem para o hospital.

O jogador contou ainda que foi ao hospital onde a jovem está internada para fazer o exame de resíduo de pólvora e não chegou a visitá-la nem pagou o hospital. "Não vejo necessidade de arcar com as custas", afirmou Adriano, sobre a acusação da jovem contra ele.

Ele negou conhecer a vítima, acrescentando que deu uma carona para ela a pedido de um amigo com quem estava no camarote de uma boate na Barra da Tijuca, na Zona Oeste.

"Não sei por que ela está fazendo isso contra mim. Mas quando acontece alguma coisa com o Adriano a repercussão é sempre muito grande", afirmou o jogador durante entrevista concedida à imprensa ao chegar à delegacia. "Estou tranquilo, todo mundo sabe que não gosto de dar entrevistas, mas concordei em falar com vocês (imprensa) porque tenho família, estou preocupado e estou preocupado também com a minha imagem. Os exames (de resíduo de pólvora) vão comprovar o que realmente aconteceu", completou Adriano, ao chegar por volta das 18h à 16ª DP (Barra da Tijuca) para prestar depoimento.

Ainda segundo o atleta, a arma estava entre o banco e o console do carro, mas ele não viu quem pegou a arma, só ouviu o disparo e teve um instinto de se abaixar porque "foi um estrondo muito grande dentro do carro".

'Mentira é péssimo negócio', diz delegadoDe acordo com o delegado Fernando Reis, o nome da estudante baleada consta como vítima em três processos - um de lesão corporal, outro de ameaça e um de saidinha de banco. "As investigações ainda estão no início, vamos aguardar ela operar para ver se conseguimos marcar uma acareação na quarta-feira (28). Mas se ela estiver mentindo que fique consciente de que se trata de um crime muito grave, que é chamado de denunciação caluniosa, que dá de dois a oito anos de prisão", afirmou Reis.

Mais cedo, o delegado afirmou que Adriano poderá responder por até dois crimes caso tenha mentido no depoimento dado no sábado (24) e volte a mentir nesta segunda. Para o delegado, a “mentira é um péssimo negócio para ele”.

No primeiro depoimento, o delegado Carlos César, que estava excepcionalmente atuando na 16ª DP, disse que Adriano contou que foi a própria vítima que efetuou, acidentalmente, o disparo.

De acordo com Reis, se o jogador mentir, ele responderá por fraude processual e lesão corporal culposa. Já as testemunhas responderão por falso testemunho. “Ele sai de uma zona de conforto e faz uma aposta complicada, caso esteja mentindo”, afirmou.

O delegado também afirmou que este tipo de caso requer “um extremo cuidado” porque Adriano é uma pessoa que já se envolveu em polêmicas “dessa ordem”.

Para Reis, uma avaliação equivocada pode comprometer a investigação.

Entenda o caso
Adriano e a vítima já fizeram um exame para detectar a presença de pólvora nas mãos. "Eu só ouvi o barulho. Eu estava dirigindo o veículo. Eu não vi nada. Só o barulho. A arma estava debaixo do banco e era minha", contou o PM reformado Júlio César Barros, amigo de Adriano que dirigia o veículo.

Tiro partiu do banco de trás
No domingo (25), o delegado afirmou que, de acordo com os primeiros dados da perícia, o
tiro que atingiu a mão da estudante partiu do banco de trás. De acordo com Reis, o laudo conclusivo da perícia do Instituto de Criminalística Carlos Éboli só deve ficar pronto entre 20 e 30 dias.

A vítima, de 20 anos, contou à polícia que o jogador disparou acidentalmente, ao manusear a arma do PM reformado. No entanto, além do jogador, outros dois ocupantes do carro afirmam que foi a própria vítima que fez o disparo.

Das seis pessoas ouvidas pela polícia, a estudante é a única que diz que o jogador estava no banco de trás do carro. Em depoimento, Adriano contou que estava no banco do carona dianteiro de seu carro, que era dirigido pelo amigo policial. O PM confessou à polícia que a arma era de sua propriedade. A Polícia Civil adiantou que o policial vai responder a um processo adminsitrativo por negligência ou omissão na guarda de arma de fogo.

Acareação
Para o delegado é “indispensável” uma acareação entre a vítima e os outros ocupantes do carro, incluindo o jogador. A expectativa da polícia é ouvir a jovem, assim que ela receber alta do Hospital Barra D´Or, onde está internada, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste. A polícia também pretende fazer uma reconstituição do caso.

De acordo com o hospital, a previsão dos médicos é que a estudante seja submetida na terça-feira (27) a uma cirurgia de reconstrução da mão esquerda. A equipe de ortopedia responsável pelo caso avalia que é possível que a vítima não tenha sequelas na movimentação da mão, pois o tiro atingiu apenas o osso, não afetando artérias, nem o tendão. O estado de saúde da jovem é considerado bom.

Diocese realizará lançamento oficial do Bote Fé Petrolina

A Diocese de Petrolina realizará na próxima segunda-feira (02), a partir das 17h, no Palácio Diocesano, o lançamento oficial do Bote Fé Petrolina, evento que acolherá os símbolos da Jornada Mundial da Juventude – a Cruz Peregrina e o Ícone de Maria – no município.

Na ocasião, o bispo Dom Manoel dos Reis de Farias, o assessor do Setor Juventude na Diocese, Pe. Givanildo José, o prefeito Julio Lossio e o Superintendente de Juventude, Robson Rocha concederão uma entrevista coletiva para a imprensa local. Estarão presentes, também, autoridades que estão diretamente ligadas à peregrinação com os símbolos, além da juventude envolvida direta ou indiretamente com o evento que estará sendo lançado.

Durante a coletiva, será lançada a programação oficial do evento, confirmando atrações e horários.

Cruz Peregrina e Ícone de Maria – Em 1984, o papa João Paulo II presenteou a juventude católica com a Cruz Peregrina, “como símbolo do amor de Cristo pela humanidade”. Com este símbolo, os jovens receberam a missão de ir por todo o mundo evangelizando e sendo testemunhas vivas do poder do amor de Deus. Em 2003, ele concedeu um segundo símbolo de fé cristã para ser levado pelo mundo, o Ícone de Nossa Senhora.

Em preparação para a próxima Jornada Mundial da Juventude, que acontecerá no Rio de Janeiro, em julho de 2013, estes símbolos já estão percorrendo o nosso país, e é com muita honra e alegria que informamos a todos que nos próximos dias 27 e 28 de janeiro, tais símbolos estarão em nossa Diocese de Petrolina.

Serão dois dias de muita oração e louvor. Haverá a peregrinação da Cruz e do Ícone pela cidade e, também, shows com atrações locais e nacionais na Orla do município.

Texto: Ascom/ Setor Juventude

domingo, 25 de dezembro de 2011

Sai edital de concurso do Senado

Provas para o preenchimento de 246 vagas serão em 11 de março. Salários iniciais variam entre R$ 13,8 mil e R$ 23,8 mil ao mês

O Senado publicou nesta sexta-feira (23) o edital do concurso público que oferecerá 246 vagas de níveis médio e superior. O PRESIDENTE DA CASA, JOSÉ SARNEY, anunciou a abertura do processo seletivo que iniciará a reposição dos 652 servidores que se aposentaram ao longo dos últimos três anos, sendo 317 apenas este ano. Do total de oportunidades oferecidas no certame, 104 serão para o cargo de técnico, 133 para o de analista e nove para o de consultor. Os salários iniciais variam de R$ 13,8 mil a R$ 23,8 mil. As regras devem ser publicadas no Diário Oficial da União de hoje.

A princípio, apenas as 246 vagas serão preenchidas. Mas Sarney afirmou que, além dos cargos que já estão abertos, outras 450 aposentadorias são esperadas até 2015. “Isso significa que não teremos o pessoal necessário ao grande volume de serviços que, cada vez mais, nós temos, principalmente neste momento em que estamos ampliando a interatividade do povo brasileiro com o Poder Legislativo”, disse. “E será uma oportunidade muito boa para os jovens que desejam entrar no mercado de serviços e, ao mesmo tempo, para aqueles que já estão trabalhando, mas desejam melhorar”, acrescentou.

Sarney destacou que as provas, marcadas para 11 de março, serão aplicadas em todas as capitais do Brasil. As avaliações para os postos de consultor e técnico ocorrerão em turno oposto aos exames para a função de analista, para que os candidatos possam disputar mais de um posto.

Concorrência

O Senado informou que fez a contratação direta da Fundação Getulio Vargas (FGV) para organizar o concurso. A banca não receberá pelos serviços prestados, apenas arrecadará as taxas de inscrição. A expectativa é de que cerca de 80 mil pessoas disputem as vagas. O número é quase o dobro dos 42.967 cadastros registrados na seleção de 2008, também promovida pela FGV. Na ocasião, o órgão ofereceu 150 vagas — 61 de nível médio e 89 de superior. A concorrência média foi de 286,4 candidatos por vaga. Os cargos mais procurados foram de policial legislativo e de técnico na área de administração.

As oportunidades são de encher os olhos. Mas o presidente da comissão do concurso, Davi Anjos Paiva, avisou que conseguir uma boa colocação não será tarefa fácil. Ele afirmou que os conteúdos programáticos foram criteriosamente selecionados pela FGV, a fim de garantir o acesso aos quadros do Senado dos candidatos mais bem preparados, “capazes de prestar à sociedade um serviço público de elevada qualidade”.

Em 2008, foram cobradas as disciplinas de língua portuguesa e de conhecimentos gerais e específicos para todos os cargos. Conforme a área, os concorrentes também responderam questões de língua inglesa, espanhola e informática. Embora a previsão inicial fosse de preencher 150 vagas, mais de 500 aprovados foram convocados.

Fonte: Correio Braziliense Página: Internet

Mensagem da FACAPE ao Blog Robson Patrício e que divido com nossos leitores


Comunitários dos bairros que serão contemplados com a AME se reúnem na prefeitura para conhecer o projeto

Líderes comunitários de vários bairros de Petrolina estiveram presentes na manhã desta quinta-feira (22), na sede da Prefeitura de Petrolina, para conhecer o Projeto de Atendimento Multiprofissional Especializado (AME) apresentado pelo prefeito Julio Lossio e pela secretária Municipal de Saúde, Lúcia Giesta. Na oportunidade, o prefeito apresentou aos presentes a estrutura das unidades, os serviços oferecidos e o conceito AME, bem como as novas unidades que serão entregues ao município até o final de 2012.
Antes da concretização das Unidades AMEs, em Petrolina, a comunidade deparava-se com postos de saúde sucateados, com equipamentos degradados e corroídos, escassez de medicamentos e serviços de má qualidade. Contudo, essa realidade vem sendo mudada, pois já são três AMEs entregues à comunidade, - Leonor Elisa; Lia Bezerra e Bernardino Campos Coelho – que atendem mais de 45 mil pessoas, com infraestrutura adequada e profissionais em diversas áreas dispondo de um atendimento acolhedor e humanizado.
A gestão Julio Lossio através da Secretaria de Saúde tem um planejamento estratégico das unidades AME, que começamos a implementar no ano de 2010 com a inauguração da Leonor Elisa no bairro Dom Avelar. Nós temos algumas obras que estão em construção nesse momento, para serem entregues logo no inicio de 2012. Neste momento estamos fazendo uma avaliação e uma apresentação para os líderes dos bairros onde serão dadas Ordem de Serviços para construções no Gercino Coelho, Antonio Cassimiro, Ouro Preto, Pedra Linda e N5, vamos mostrar o que uma AME pode oferecer para população em termos de estrutura e de composição de serviços”, explicou a secretária Lúcia Giesta.
As unidades são divididas em: AME Policlínica que oferece atendimento com médicos especializados; AME Saúde da Família que dispõe de serviços para atenção primária e a AME Servidor que está com as obras em fase de conclusão e vai atender os mais de cinco mil servidores municipais. Elieide da Silva, presidente da Associação do bairro Dom Avelar, conhece os serviços oferecidos pela AME há mais de um ano e afirma que o atendimento na saúde melhorou. “Hoje, temos salas climatizadas, atendimentos odontológicos, médico, remédios, só tenho a agradecer, principalmente porque nosso bairro foi o primeiro a ser contemplado com a AME”, declarou.
Hoje, convidamos as lideranças comunitárias para conhecerem as unidades AME que foram desenhadas para garantir o avanço da saúde de Petrolina. No inicio da gestão avaliamos que seriam entregues 10 unidades até 2012, porém já temos garantidas 15 unidades e temos o projeto para possivelmente entregarmos 20 AMES. Cada unidade implantada atende 15 mil pessoas que têm garantidos serviços de qualidades e uma estrutura adequada, diferentemente do que encontramos em vários postos de saúde. O conceito AME é o diferencial que queremos dar para cidade, colocando as pessoas em primeiro lugar com dignidade”, destacou o prefeito Julio Lossio.
Já foram entregues as unidades: Leonor Elisa – Dom Avelar; Lia Bezerra – José e Maria; Bernardino Campos – Vila Eduardo. Estão em fase de construção as AMEs: João Moreira – Henrique Leite; Manoel Possídio – Areia Branca; Izacolândia – Izacolândia; AME Servidor – Centro. A Prefeitura dará Ordem de Serviço para a construção das AMEs: Rosa Maria – Gercino Coelho; Maria de Lourdes – Antonio Cassimiro; Ouro Preto – Ouro Preto; Pedra Linda – Pedra Linda e Projeto Senador Nilo Coelho Núcleo-5 – PSNC-5. E já estão prontos os projetos para a construção das unidades no Projeto Senador Nilo Coelho - Núcleo 8, Rajada, Jardim Amazonas e Centro.
Texto: Cíntia Sacramento/ Foto: Gilson Pereira

Em São Paulo, presidenta Dilma entrega ao ex-presidente Lula presente de Natal enviado pelos catadores de materiais recicláveis

Num encontro em São Paulo (SP), a presidenta Dilma Rousseff entregou ao ex-presidente Lula um presente de Natal enviado pelos catadores de materiais recicláveis. A presidenta participou hoje (22) na capital paulista da celebração de Natal com os catadores e a população em situação de rua. O evento, que contou com a participação do ex-presidente Lula durante seus dois mandatos, reuniu cerca de mil pessoas na quadra do Sindicato dos Bancários.

Com estabilidade econômica, governo vai ampliar políticas sociais em 2012, diz presidenta

No pronunciamento transmitido nesta sexta-feira (23) em rede nacional de rádio e televisão, a presidenta Dilma Rousseff afirmou que o governo pretende ampliar, em 2012, as políticas sociais e garantir a estabilidade econômica do país. Ao fazer um balanço do primeiro ano de governo, ela disse que o programa Brasil sem Miséria, “que já produziu grandes resultados”, vai se consolidar plenamente em 2012. Segundo a presidenta, 407 mil famílias extremamente pobres foram localizadas. Destas, 325 mil já estão incluídas no Bolsa Família.
“Incluimos, também, mais 1,3 milhão de crianças e adolescentes no programa. Até o final do nosso governo, vamos fazer o maior esforço para retirar da miséria os 16 milhões de brasileiros que ainda vivem na pobreza absoluta”, afirmou Dilma Rousseff.
Ela citou ainda os programas Minha Casa, Minha Vida, que terá até 2014 R$ 125 bilhões em investimentos da Caixa Econômica e do Banco do Brasil, e o “Crack, é possível vencer”, que dará assistência média, social e pedagógica aos dependentes e suas famílias. Na saúde, acrescentou, o Melhor em Casa leva assistência médica, de qualidade, na própria casa de milhões de brasileiros e o SOS Emergência vai continuar melhorando o atendimento nos principais pronto-socorros do país. 

Segundo a presidenta Dilma, além de levar esses programas adiante, o Brasil terá força também para continuar a luta contra a corrupção e qualquer tipo de desvio ou mal-feito.
“Tudo isso vai continuar garantindo que o Brasil seja um dos poucos países do mundo que consegue, ao mesmo tempo, crescer com estabilidade, distribuir renda, diminuir a desigualdade, aperfeiçoar a democracia e fortalecer suas instituições. Juntos, nós brasileiros, vamos continuar melhorando econômica, social e politicamente e reforçando nossos valores morais e éticos.”
A presidenta lembrou ainda o tempo em que o Brasil não acompanhava o progresso experimentado por outros países. Agora, ressaltou, enquanto os países desenvolvidos registram crescimento negativo ou igual a zero, a economia brasileira terá um bom crescimento.
“Muitos anos atrás, boa parte do mundo progredia e o Brasil ficava parado, marcando passo. Agora, ao contrário, boa parte do mundo estagnou e o Brasil acelera. No ano em que quase todos os países do mundo perderam emprego, nós criamos mais de dois milhões de novos postos de trabalho. No ano em que grandes potências mundiais estão tendo crescimento negativo, ou igual a zero, nós vamos ter um bom crescimento.”
A presidenta encerrou o pronunciamento desejando Feliz Natal e um próspero Ano Novo aos brasileiros.

Acidente com vítima fatal no PISNC-N5 na PE 647

A central de Operações do 5º BPM - Petrolina, tomou conhecimento através de populares, de um acidente ocorrido no N-05. A Patrulha de Trânsito se deslocou até o local, onde constatou que a motocicleta Honda/CG 125, cor vermelha, placa PEI 4456-PE, guiada pelo Sr. Elpidio Januário do Nascimento, que conduzia o seu filho Ramon Morais do Nascimento, ao passar defronte a vila do N-05, foi atingido por um veículo tipo lotação, que logo após provocar o acidente tomou destino ignorado, sem prestar socorro às vítimas; ambos foram socorridos por uma ambulância do SAMU até o HUT, vindo Sr. Elpídio a não resistir aos ferimentos vindo a óbito. 

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Presidenta Dilma defende aumento de cooperativas para catadores e rejeita violência contra população em situação de rua

Presidenta Dilma participa da celebração de Natal com os catadores e a população em situação de rua. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR
A presidenta Dilma Rousseff reiterou hoje (22) o compromisso de seu governo com os catadores de materiais recicláveis e com a população em situação de rua. Na celebração de Natal que reuniu cerca de mil pessoas na quadra do Sindicato dos Bancários, em São Paulo (SP), a presidenta afirmou que vai trabalhar para que os 190 milhões de brasileiros tenham direitos iguais. Segundo ela, a força do Brasil não está no petróleo ou na agricultura competitiva, mas na força de sua população.
“Estamos abertos a ouvi-los e a procurar os melhores caminhos. O meu governo tem compromisso com os catadores e com a população de rua. E não é só mais um compromisso. Ele é o compromisso principal, porque os 190 milhões de brasileiros precisam ter direitos iguais, acesso aos mesmos serviços. Se eu fracassar nesse compromisso, terei fracassado na minha missão”, disse a presidenta.
Ela defendeu que as cooperativas sejam ampliadas para que mais catadores tenham assegurados seus benefícios. Além disso, segundo a presidenta, o cadastramento dos catadores pode contribuir para o acesso ao Sistema Único de Saúde, a cursos de formação profissional e ao Bolsa Família.
“Nossa maior obsessão com os catadores é construir cooperativas, associações, e garantir que eles tenham a proteção de uma organização forte para de fato atuar na sociedade. Nós podemos construir um caminho de proteção para o catador.”
A presidenta disse ainda que o governo federal fará um esforço para combater a violência contra a população em situação de rua, o que chamou de “limpeza humana”.
“Vamos criar com os estados um diálogo para impedir esteja violência que vocês estão denunciando. Muitas vezes o que está ocorrendo é uma limpeza humana nas grandes cidades.”
O Natal da presidenta Dilma com os catadores e pessoas em situação de rua foi marcado por apresentações musicais e um desfile de modelos vestidas com roupas feitas com material reciclado, além de uma celebração mística.

Quase 1.000 alunos da rede municipal de educação de Petrolina participam de formatura coletiva realizada pela Prefeitura


Com direito a tapete vermelho, homenagens, premiações e muita música, mais de 940 alunos da rede municipal de ensino de Petrolina, comemoraram a conclusão do 9ª ano e da 4ª fase da Educação de Jovens e Adultos (EJA), na noite de ontem (21), numa grande festa realizada pela Prefeitura de Petrolina, através da Secretária de Educação, no Iate Clube. A formatura coletiva contou com a presença do prefeito Julio Lossio e da primeira-dama Andréa Lossio, o vice-prefeito Domingos Savio Guimarães, além da Secretária de Educação Célia Regina Carvalho, gestores escolares, pais, convidados e secretários municipais. A ocasião foi marcada também pela entrega de notebooks, para os 20 melhores alunos que obtiveram os melhores resultados no Projeto Jovem de Futuro.

O evento iniciou ao som do hino nacional brasileiro e logo após, houve a abertura oficial com os depoimentos, entrega simbólica dos certificados, em que um aluno de cada escola representou toda a instituição educacional e a entrega oficial dos prêmios do Projeto Jovem de Futuro. Houve ainda homenagens a dois alunos, pelo exemplo de perseverança na conclusão do ensino médio, como Blandina Barros de Menezes, 81 anos, que concluiu o ensino médio em 2010 e o aluno cadeirante, Ari Jeferson Cavalcanti.

Com uma estrutura organizada e um espaço amplo os pais elogiaram a iniciativa da gestão municipal em oferecer aos alunos e familiares uma grande festa. “Eu só tenho que agradecer ao prefeito Julio Lossio, porque nós que viemos de escola pública nunca tivemos essa oportunidade e hoje me sinto feliz por poder participar desse momento. O coração quer chorar de tanta alegria em ver minha filha ultrapassar mais uma etapa da vida, graças a educação do nosso município”, disse emocionado o pai de uma formanda, Wilson Nilo da Silva.

De acordo com a Secretária de Educação, Célia Regina Carvalho o momento é satisfatório e de plenitude por ter culminado em algo positivo. “Essa cerimônia de 2011 representa muito, porque demonstra que as escolas estão acreditando no nosso compromisso com a educação, e, sobretudo é uma grande festa de integração, da comunidade escolar, da família e da prefeitura”, destacou.

Emocionada pela festividade e alegre com o recebimento da premiação do notebook, a aluna Mikaele de Souza, demonstra satisfação e reconhecimento pelo recebimento do equipamento e participação do Projeto Jovem de Futuro. “É uma prova de que tudo que eu estudei valeu a pena. É também uma forma de incentivar os alunos a estudar ainda mais”, disse a concluinte.

“Para mim esse momento é muito especial, porque foi algo planejado junto a secretaria de educação e hoje desfrutamos dessa comemoração. Parabenizo a todos os concluintes porque sei que se chegaram aqui é porque acreditaram no potencial da educação e abraçaram as oportunidades, por isso nossa preocupação em manter a qualidade da educação no município é intensa”, declarou o prefeito Julio Lossio.

Além de premiar os alunos com a entrega de 20 notebooks, foi proporcionada anteriormente aos 35 melhores resultados, uma viagem turística a rota do Cariri, realizada pela Prefeitura de Petrolina, em parceria com a Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape).
Participaram da cerimônia 28 escolas municipais de Petrolina e após as solenidades cerimoniais a festa continuou ao som do cantor Alan Kleber e Banda.

Texto: Elida Maria/ Fotos: Gilson Pereira

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Obras inadiáveis no Vale

Hoje, nós vamos conversar sobre o sertão chamado ‘ribeirinho’, aquele que vai de Petrolina até Belém do São Francisco, os nossos projetos que representam a nossa potencialidade, que precisam deixar de ser potencialidade para se tornar uma realidade, numa unidade produtiva. Isso é o que eu quero advertir sobre o que a gente tem que conquistar. Não se conquista com uma pessoa só. Andorinha só não faz verão. É preciso haver uma consciência, uma vontade, algo que leve à prosperidade. 
 
Fiz uma viagem de observação de problemas da região. Passei na Agrodam, passei no Vale, conversei com pessoas e procurei o governador e disse-lhe: “- Governador, eu lhe trago uma boa ideia. Ilhas. Todas as ilhas já estão energizadas, são drenadas. Algumas delas, como a Ilha da Assunção tem uma ponte, tem ponte com a terra firme, e 04 balsas a serviço de ilhas no Vale do São Francisco. Uma a serviço da Ilha do Massangano, uma a serviço do Pico, uma a serviço de Santa Maria da Boa Vista e uma a serviço de Belém. Uma série de infraestruturas já está disponível para chegar à produção, ao emprego, ao trabalho.” Essa ideia foi bem acatada pelo governador que determinou o estudo e esses estudos foram concluídos com orçamento. 
 
Muito me impressionou a empresa Agrodam, no município de Belém do São Francisco, ela tem uma gestão muito boa, a melhor manga que chega na Europa é dessa empresa. Sem estrada, uma dificuldade enorme para sair ou para entrar. O empresário precisa de condições, o resto ele faz. Tem que ser cobrado isso porque foi uma obra iniciada pelo Governo do Estado. Quem está dormindo diante desse problema é o Governo do Estado de Pernambuco. A gente precisa acordá-lo, adverti-lo de que nós precisamos disso, porque estes projetos representarão mais um Senador Nilo Coelho no Vale do São Francisco, mais empregos, mais frutas, mais exportação, mais dólar e mais bem-estar.

Precisamos fazer a implantação da pavimentação de uma estrada vicinal na Ilha Grande. A Ilha Grande tem uma extensão de 15 quilômetros, essa obra, no governo de Jarbas, foi orçada em R$ 4 milhões e meio. Depois, na Ilha da Várzea, 14 km, o custo da pavimentação é de R$ 3 milhões. Vem a Ilha do Coqueiro, em Petrolina, são dois 2 km de percurso, são necessários R$ 700 mil. Na Ilha do Pontal, em Lagoa Grande, são 8 km de pavimentação que custará pouco mais de R$ 2,4 milhões. Na Ilha do Pico, nas Pedrinhas, são 4 km, custa pouco mais de R$ 1 milhão. 
 
Depois tem a estrada Belém de São Francisco – Ibó, de estrada são 31 km, vai favorecer e impulsionar toda produção agrícola e das ilhas. Essa estrada custaria R$ 14 milhões. E tem mais uma ponte, que é importantíssima para a produção agrícola do Belém do São Francisco, Abaré – Bahia. É uma ponte pequena, absolutamente viável, já foi até estudada algum tempo. Então, é preciso concluir os estudos e é preciso fazer. Com isso, a gente dinamiza a economia do Vale de maneira forte, de maneira barata. Esses projetos todos somados, no governo Jarbas custariam R$ 31 milhões. 
 
Tem dinheiro pra tanta coisa e não tem 30 ou 40 milhões para dinamizar a economia aqui do Vale do São Francisco. Eu creio que tem uma cegueira do Governo. O governo precisa acordar para essas coisas, não pode transferir esse trabalho para diante, não. Isso é o que vai gerar emprego para os nossos jovens que estão na Universidade, que estão no IF-Sertão, que estão no Senai, que estão nas escolas. Eles estão lá perguntando o que é que nós que temos intimidade com o poder estamos fazendo para o futuro deles. Estamos chamando a atenção do governo, porque o governo tem que fazer isso. Veja que absurdo! Isso dormindo aqui há nove anos. Esse projeto é irmão gêmeo da irrigação que o Governo Federal não fez durante nove anos.

Se somarmos isso ao projeto da Ilha de Assunção que tem a ponte, o projeto foi feito por Jarbas, em determinado momento quando se falou da transposição, os índios pediram a pavimentação que foi feita, mas sem dar o efeito que queremos. Tem que haver uma ação do governo junto a FUNAI, junto aos índios que lá se encontram, para acertar uma convivência com empresários, para transformar aquela grande unidade produtiva, que são cinco mil hectares cercados de água por todos os lados, com uma ponte. Aquilo ali tem que ser muito produtivo, o banco tem que financiar os índios e outros. O que não está certo é jogar a responsabilidade no prefeito para fazer isso. A obra é maior. O Governo do Estado deve criar condições que favoreçam a presença de pavimentação na Ilha para gerar empregos. Petrolina lança aqui, de uma hora para outra, loteamento de 6 mil lotes, uma coisa fantástica. Se não houver a produção, as unidades produtivas, as pessoas vão morar nesses lotes e trabalhar onde? Como se justifica, a gente numa cidade dessas, ver a sua potencialidade parada? Potencialidade é para ser dinamizada. 

Por Osvaldo Coelho 

Prefeitura de Petrolina divulga programação do Réveillon na Orla da cidade

Com várias atrações musicais e show pirotécnico, a Prefeitura de Petrolina, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Cultura, Turismo e Eventos (Sedectur) realizará o Réveillon 2012 no próximo dia 31 de dezembro, com muita festa. As apresentações acontecerão na Orla de Petrolina com festividades das 21h até amanhecer o dia.

A orla será especialmente preparada e ornamentada no dia 30 de dezembro para receber o show da virada no dia 31. No local haverá toda segurança para as pessoas que optarem aproveitar ao lado do Rio São Francisco, a virada do ano. Equipes da Empresa Petrolinense de Trânsito e Transportes Coletivos de Petrolina (EPTTC), da Secretaria de Ordem Pública, além do Corpo de Bombeiros, SAMU, Guardas Municipais e a Polícia Militar farão toda a segurança do local.

De acordo com o Secretário de Desenvolvimento Econômico, Cultura, Turismo e Eventos, Luis Claudio Dias, existe uma grande expectativa de público por conta das atrações desse ano que visa reunir as pessoas em clima de festa e comemoração. “Iremos realizar uma linda festa e pretendemos receber mais de 20 mil pessoas que, com animação e muita energia positiva celebrarão a chegada de 2012”, ressaltou.

O show pirotécnico promete emocionar o público com uma tonelada de artefatos pirotécnicos, que deixarão o céu mais bonito, durante 15 minutos ininterruptos, abrilhantando ainda mais a noite festiva. Para total segurança dos participantes da festa todo o processo será acompanhado por um Técnico Blaster – profissional capacitado e habilitado para manusear os artefatos pirotécnicos. 


Durante a noite do réveillon, os restaurantes e bares oferecerão serviços diferenciados de Buffet e cardápios para todos os gostos.

A programação completa do réveillon 2012 segue abaixo:
21h- Som mecânico;
22h- Show da banda Seistanejos de Salvador;
23h45-Inicio da contagem regressiva para 2012;
00h00-Show pirotécnico;
00h20- Show do Cantor Ninha e banda Trem de Pouso;
02h- Show da Banda Pega-Leve;
03h30h- Show do Cantor César Adriano;
05h20-Encerramento.
 
Texto: Élida Maria/ Foto:Gilson Pereira