segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Gonzaga, Cristina e Nissô participam de evento no São Gonçalo

untitled_640x479 

 O bairro São Gonçalo, zona oeste de Petrolina, foi o local escolhido pelo deputado federal e candidato à reeleição, Gonzaga Patriota (PSB), e seus companheiros de chapa, a deputada estadual Isabel Cristina (PT), que também quer renovar mandato, além de Nisso – candidato a estadual – realizarem ato público na noite da última sexta-feira (17).
 
Ausente do evento por motivos de agenda, o deputado estadual Geraldo Coelho (PTB) foi lembrado pelo líder comunitário do Rio Corrente, Róbson Patrício, como mais um representante dos petrolinenses que precisam voltar à Assembleia Legislativa.
Além do presidente do São Gonçalo, João do Fusca, e Róbson Patrício, o evento foi prestigiado por outras lideranças comunitárias a exemplo de Carminha, Wilson e Ana.

sábado, 18 de setembro de 2010

COMO NASCEM OS PARADIGMAS

video

MORRE WILSON LOURENÇO SECRETÁRIO GERAL DA FEAMUPE


Nos Deixou no dia de ontem (17/09) por volta das 07h, o amigo JOSÉ WILSON LOURENÇO DA SILVA, aos 52 anos, Aposentado como Técnico Agricola da EMBRAPA, era o atual Secretário Geral da Federação das Associações do Municipio de Petrolina,  tinha mais de 30 anos dedicado a vida Associativa e Comunitária, participando de Grêmios Estudantis durante sua juventude e de Associações de Bairro em Petrolina, homem público e de uma conduta limpa, sendo exemplo entre nós de uma pessoa que dedicou a sua vida a lutar pelos menos favorecidos; seu velória esta acontecendo na residência de sua genitora Dona Creuza no bairro São José em Petrolina e seu sepultamento será as 17h no campo da Paz; fica entre nós lideranças comunitárias a saudade deste que sempre esteve ao nosso lado, e ensejamos nossas condolências a sua família

Robson Patrício - Ouvidor da FEAMUPE

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Que Petrolina é essa?

Uma cidade próxima dos seus 115 anos e de uma estrutura magnífica, forte na agricultura e de um povo acolhedor, sempre de braços abertos a todos aqueles que chegam a nossa cidade e que tem trazido o sucesso profissional a tantas pessoas.

Algumas famílias desta cidade tem sido destaque em nossa política a exemplo dos Amorim, Cavalcante, Coelho e tantas outras, mais naquela expressão “ai dos sabidos se não fosse os bestas”, não podíamos deixar de dizer que famílias como Silva, Santos, Lima e tantas outras também colaboraram com o desenvolvimento desta cidade e que o reconhecimento nunca lhes é dado, pois jamais teríamos crescido tanto se não fossem aqueles que acordam todos os dias pela madrugada e saem de suas casas indo ao campo, fazendo com que a produção agrícola seja o maior potencial econômico desta cidade.

A cada quatro anos os ditos “coronéis da política petrolinense”, pregam ou tentam pregar em nossas mentes que não há desenvolvimentos em nossa cidade sem a presença deles a frente de tudo em Petrolina, ora, basta avaliar o que fazem conosco para tentar a nos induzir a imaginar isto; como a campanha passada pra Prefeito, fecharam-se um apoio irrestrito, aqueles “coronéis da política petrolinense” que se dizem de lados oposto, e elegeram aquele que no pensamento deles poderia dar menos trabalho pra se tirar da Prefeitura na próxima campanha, vindo logo após a fecharem as portas deste digamos “coitado” pra que num gesto covarde não tivesse as condições mínimas de trabalho e assim levantar mais uma vez a questão, a cidade só vai se for com os “coronéis da política petrolinense”.

Aqueles políticos que vêem de fora estão infectados com esta imagem de nossa cidade que nem se quer tem coragem de vir fazer política em Petrolina, é importante lembrar que cidades como Lagoa Grande e Afrânio até pouco tempo também tinham isto em mente em relação aos “coronéis da política petrolinense”, sendo que os prefeitos destas duas cidades nos últimos mandatos conseguiram provar aos “coronéis da política petrolinense” que políticos de fora conseguem trazer oportunidades para o povo; pessoas como Adalberto Cavalcante e Jorge Garziera, são reconhecidamente pelo seu povo como bons gestores em suas respectivas regiões eleitorais e com trabalho realizado em suas cidades e pra isto não me lembro de nenhum deles estarem ao lado destes que se acham dono dos votos desta região.

Não se sabe bem ao certo, mas que a política petrolinense não tem dado a devida atenção ao potencial turístico de nossa cidade, existem diversos projetos prontos nesta área e não a previsão de recursos, precisamos partir na frente, preparar a sociedade, o comercio e mão de obra especializada e vender o nosso produto turístico no mundo inteiro pra que em pouco tempo termos uma nova oportunidade de geração de renda em nossa cidade, a agricultura tem  sido a única alternativa de circulação de capital nesta cidade e demonstrou suas fragilidades nas chuvas de 2004, quando toda a colheita ficou comprometida, levando o comercio local ao caos por quase um ano, quando muitos nem se quer conseguiram se reerguer novamente, é necessário que os “coronéis da política petrolinense”, saibam que estamos atentos e que precisamos de mentes novas e cheias de idéias e que assim possam trazer investimentos pra nossa cidade onde ainda não entramos no mercado, ou seja coisas novas, novos horizontes a se buscar.

Minha querida Petrolina, ou melhor, povo desta cidade, que possamos a cada dia, sermos mais críticos, que possamos olhar pra esta cidade com mais perspectiva no futuro, de uma cidade ainda mais promissora, que os nossos filhos e os filhos de nossos filhos possam encontrar aqui mais oportunidade.

Lembrem-se! A política é feita de grandes homens e pra isto não quer dizer que são nossos conterrâneos, pois aqui existiram e existem grandes homens e que servem tanto a nossa cidade e nem por isto pertencem aos “coronéis da política petrolinense”; acorda Petrolina, que os outros saibam que não somos escravos desta política que pregam em nossa cidade.   

Eita nois de Petrolina...


Oxente, ora bolas, donde anda nosso Prefeito gente?

Bem cedinho tive na cidade grande e não vi o prefeito, o que houve?

Tinha um carrinho do exercito com muita gente importante, só não vi nosso prefeito.

Deixando de brincadeira, povo de minha querida cidade; alguém já tinha visto em Petrolina o Prefeito não participar dos desfiles militares em comemoração a Independência do Brasil, por incrível que pareça isto aconteceu hoje.Estava representando nosso município o Vereador Osório Siqueira, não me lembro de terem lhe elegido como nosso Prefeito, mais dos maus os menores.Prefeito Julio Lossio sabemos que jamais poderia ter intenção de disputar outra eleição, mais o mínimo deveria fazer, quando se colocou a disposição do povo, devia ter consciência de sua responsabilidade em sempre estar a frente deste povo gentil, que hoje ficou órfão; esperamos em Deus que os dois anos que se seguem possam traduzir mais compaixão por nossa terra.