quarta-feira, 7 de março de 2012

Salário menor para mulher pode dar multa

O Senado aprovou ontem projeto que multa as empresas que pagarem às mulheres salários inferiores aos dos homens quando ambos ocuparem as mesmas funções.

A multa estipulada pelo projeto é de cinco vezes a diferença entre os salários durante todo o período de contratação da funcionária.

Como a proposta foi aprovada em caráter terminativo pela Comissão de Direitos Humanos no Senado, e já foi aprovada na Câmara, segue para sanção da presidente Dilma Rousseff – se não houver pedido para que seja votada no plenário da Casa.

Relator do projeto na comissão, o Senador Paulo Paim (PT) disse que a multa obriga as empresas a pagarem às mulheres salários equivalentes aos dos homens como forma de acabar com a discriminação entre os sexos.

Fonte Zero Hora

Um comentário:

RITA RODRIGUES disse...

Finalmente a justiça venceu o machismo. Já estava na hora de reconhecer que o trabalho da mulher e tão bom quanto o do homem( ou até melhor).

"A voz das mulheres não pode ser calada. Precisamos de solidariedade para a promoção da igualdade e da verdadeira democracia. Não bastam leis no papel, são necessárias a efetivação das políticas públicas conquistadas e outras mais que possibilitem a difusão das ideias de não-discriminação, de tolerância e de respeito entre os seres humanos. Conscientizar que somos multiculturais é o caminho. Não é a quantidade de melanina na pele, nem o tipo físico que faz alguém melhor ou pior do que outro. Muito menos o sexo biológico. Precisamos unir forças para lutar contra as discriminações raciais, sociais e sexuais, onde quer que se manifestem, para alcançarmos a igualdade e a justiça. Assim seremos realmente um povo FELIZ!!!
Séphora Marinho de Freitas"